Qual foi o erro da igreja de Éfeso?

O que estava acontecendo com a igreja em Éfeso?

O templo foi destruído, juntamente com muitos outros edifícios, em 401 d.C. por uma multidão liderada por São João Crisóstomo. O imperador Constantino I reconstruiu boa parte da cidade e ergueu novos banhos públicos, porém a cidade foi novamente destruída parcialmente por um terremoto, em 614.

Quem foi pastor da igreja de Éfeso?

João de Éfeso (ou da Ásia; 505-585) foi um líder de uma igreja siríaca não-calcedônia no século VI, e um dos primeiros e mais importantes historiadores que escreveram em siríaco.

O que significa Éfeso na Bíblia?

Éfeso: Significa “habitante de Éfeso”, “habitante da antiga cidade grega”. Éfeso é um nome masculino que surge do latim Ephesius. Acredita-se que o seu primeiro portador fosse um habitante da cidade de Éfeso, antiga cidade grega que era especialmente conhecida pelo fato de abrigar o Templo de Ártemis.

Porque Paulo escreveu a carta à igreja de Éfeso?

Ele escreveu a carta quando estava prisioneiro por amor ao Cristo (Epístola aos Efésios, capítulo 3, versículo 1; capítulo 4, versículo 1; capítulo 6, versículo 20), provavelmente em Roma. Por isso, é conhecida como uma das quatro cartas chamadas de “Epístolas da Prisão”.

Onde fica Éfeso hoje?

Éfeso ou Ephesus como os turcos chamam é uma das cidades turísticas mais famosas na Turquia. Ela está na costa de Jônia, três quilômetros a sudoeste de Selçuk, província de Esmirna.

É IMPORTANTE:  O que significa Salmo 53?

Onde ficava a igreja de Efésios?

Um dos maiores museus arqueológicos do mundo ao ar livre, localizado na parte ocidental da Ásia menor, na região de Anatólia, próximo ao Mar Egeu, a cidade de Éfeso foi construída por volta de 1000 a.C. pelos gregos.

Qual era o objetivo das cartas de Paulo?

Eles fornecem uma visão das crenças de parte do cânon do Novo Testamento e são textos fundamentais para a teologia cristã e para a ética.

Qual o propósito do livro de Efésios?

Seu principal propósito era ajudar esses conversos a crescerem no conhecimento espiritual de Deus e da Igreja (ver Efésios 1:15–18; 3:14–19); promover união, principalmente entre os santos gentios e os judeus (ver Efésios 2:11–22; 4:1–16; 5:19–6:9); e incentivar os santos a resistirem aos poderes do mal (ver Efésios 4: …