Qual é a diferença entre orações subordinadas desenvolvidas e as reduzidas exemplifique?

Qual é a diferença entre orações subordinadas desenvolvidas e as reduzidas?

Pudemos concluir que as orações subordinadas adverbiais desenvolvidas se apresentam demarcadas pela presença da conjunção subordinativa e com o verbo flexionado, já as reduzidas não se constituem da conjunção, e o verbo aparece expresso também numa das formas nominais: gerúndio, infinitivo e particípio.

O que são orações desenvolvidas exemplos?

* O verbo (no caso, precisar) se expressa de forma flexionada (precisava); Dessa forma, dizemos que todo o enunciado linguístico (a oração por completo) se constitui de uma oração subordinada desenvolvida. Analisemos essa mesma oração, só que de outra forma: A garota afirmou precisar de ajuda.

Como identificar uma oração subordinada reduzida?

As orações reduzidas são subordinadas e apesar de não serem acompanhadas por conjunção ou pronome relativo, podem ser introduzidas por preposição. Exemplos: Eu sou o único que faz o que mandam. (oração desenvolvida)

Quais são as orações reduzidas?

As orações reduzidas são, em geral, orações subordinadas que não se iniciam por conjunção subordinativa nem por pronome relativo, além de o verbo estar numa das suas formas nominais: infinitivo, gerúndio ou particípio.

Como identificar uma oração subordinada desenvolvida?

As orações subordinadas desenvolvidas são caracterizadas por começarem com conectivo (conjunção subordinativa adverbial ou integrante, locução conjuntiva e pronome relativo) e portarem verbos flexionados em qualquer tempo do modo indicativo, subjuntivo ou imperativo.

É IMPORTANTE:  Porque devemos orar e não rezar?

O que é orações subordinadas adverbiais reduzidas?

As orações subordinadas adverbiais quando não são desenvolvidas, podem ser reduzidas de infinitivo, gerúndio ou particípio. Quando reduzidas, elas não são introduzidas por conjunções, mas podem ser introduzidas por preposições. Vejamos alguns exemplos: Eu lamento por não ter avisado antes.

Como identificar as orações?

Frases que possuam sentido completo e verbo (ou locução verbal) são consideradas orações. Uma frase pode conter uma ou mais orações, a depender do número de verbos e que possua.

Como desenvolver uma oração?

A forma mais fácil de reconhecer uma oração reduzida é pelo seu desenvolvimento. Introduz-se na frase uma conjunção ou um pronome adequado ao sentido da frase e substitui-se o verbo na forma nominal por um tempo verbal do modo indicativo ou do modo subjuntivo.

O que é uma oração adjetiva desenvolvida?

Orações Subordinadas Adjetivas Desenvolvidas

As orações desenvolvidas apresentam as seguintes características: Iniciam-se com um pronome relativo. Contêm verbos nos modos indicativo ou subjuntivo.

Em qual das orações subordinadas ocorre redução?

Partindo de tais pressupostos, cabe afirmar que elas (as reduzidas) podem ocorrer tanto nas orações subordinadas substantivas, adjetivas, quanto nas orações subordinadas adverbais.

O que é verbo na forma reduzida?

Chamamos reduzidas as orações que, tendo o verbo flexionado numa das formas nominais – infinitivo, gerúndio ou particípio – dispensam o uso de conectivos. O emprego das formas reduzidas pode imprimir ao texto concisão e elegância, porquanto ajuda a evitar o emprego repetitivo dos conectivos mais usados.

O que são orações reduzidas de gerúndio?

Denominam-se orações reduzidas aquelas que apresentam o verbo nas formas de gerúndio, particípio ou infinitivo, ou seja, nas suas formas nominais. Essas orações podem, em geral, ser desenvolvidas em orações subordinadas, sendo classificadas como as desenvolvidas correspondentes.

É IMPORTANTE:  Você perguntou: Porque devemos cuidar do nosso corpo segundo a Bíblia?